Publicações sobre Mapeamento Participativo da Covid-19 em Fortaleza

A pesquisa participativa de mapeamento da Covid-19 em Fortaleza, amplamente divulgada, teve os resultados publicados em periódicos nacionais e internacionais.

Resumo geral das publicações:

A Informação Geográfica Voluntária (Volunteered Geographic Information – VGI) no surto de COVID-19 em Fortaleza, Brasil, foi obtida por meio de uma pesquisa na Internet com procedimentos não probabilísticos de bola de neve, mediante a participação de 12.000 entrevistados, entre 08 e 10 de abril de 2020, e abrangeu espacialmente 99,17% dos bairros. A análise da VGI identificou 181 casos confirmados da doença, com forte concentração em bairros com alto nível socioeconômico, como também indicou 795 casos suspeitos distribuídos em 99% dos bairros. Os resultados visam contribuir para o entendimento geoespacial da patologia no País, cujo primeiro caso foi registrado em fevereiro de 2020, em São Paulo e, até 14 de abril, possuía 25.684 casos confirmados e 1.552 mortes.

jlagVolunteered Geographic Information Generates New Spatial Understandings of Covid-19 in Fortaleza” publicado na Journal of Latin American Geography.

Pesquisa participativa para o mapeamento da COVID-19 na cidade de Fortaleza, Nordeste do Brasil” publicado na Revista de Educação Ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *